quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Como é que mato a tua morte?

Há três anos atrás, o meu dia estava a ser... nem sei bem explicar.
Perdi parte de mim.
Há coisas que para nós nunca fazem sentido. Pode ser que algum dia façam.
Foi um dos dias mais complicados da minha vida, foi um acordar para uma realidade  inesperadamente esperada.
As nossas vidas tem  pontos de viragem, eu já tive alguns, e há três anos atrás, este dia foi um deles.
Tudo  acaba, e esse fim da origem a um novo inicio.
Sem duvida que este foi um grande e difícil inicio...
Nem sempre sabemos como vamos conseguir chegar ao dia seguinte... mas temos  que ficar, temos que ver como vai ser o fim.

I miss you  grandma  

4 comentários:

Runaway disse...

Temos muito mais força do que imaginamos. Só quando somos confrontados com dificuldades extremas, é que nos damos conta de que somos mesmo muito fortes.

Sunshine disse...

As vezes gostava de perceber onde vou buscar tanta!

Clementine disse...

oh palavras que podiam ser minhas...*

Sunshine disse...

=/ *