terça-feira, 21 de agosto de 2012

Inspiro sem medo do acto que vem...

Grito teu nome sem saber
Como será o amanhã
Foi um sonho real
Por uma noite.

Sem comentários: