domingo, 15 de dezembro de 2013

Há qualquer coisa...

...mandaram-me esta musica ontem.
Como é óbvio, é uma (meia) declaração por parte da pessoa, no entanto acho que nunca nenhuma musica definiu tão bem o sentimento que eu crio nele(s). Com o nele(s) refiro-me aos homens que deixo chegar mais perto, que deixo que haja uma... chamemos-lhe uma "amizade colorida".
Não sei o que se passa comigo, mas desde há uns tempos para cá quando sei que alguém tem algum tipo de interesse por mim, a minha reacção é tentar escapar.
E se antes quando me sentia atraída por alguém até era capaz de deixar rolar alguma coisa, neste momento fujo de tudo e todos a sete pés.

Nuvem, o que é que me fizeste?!?!


"Há qualquer coisa que se esconde em ti
Que me seduz e dá cabo de mim
Eu não sei, nunca sei bem o que é
(Tu sabes sim mas não queres ver)
És como a praia, mudas com a maré
(Não importa se a queres ter)

Mas se tu vais e vens
Como as ondas do mar
Não sei com que posso contar

Se um dia há sol no outro há-de chover?
Se te encontrar é para te perder?
Eu não sei nunca sei como será
(Tu sabes sim mas não queres ver)
És como o tempo, logo se verá
(Não importa se a queres ter)

Mas se tu vais e vens
Como as ondas do mar
Não sei com que posso contar
Vai e vem traz o que tens melhor
Vai e vem dá-me esse estranho amor"


1 comentário:

F!l disse...

quem sabe estejas numa fase menos propricia a relacionamentos... Nós também precisamos de um tempo :D kiss