domingo, 23 de dezembro de 2012

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Nunca o fiz.

Porque eu nunca obriguei ninguém a estar ao meu lado.
Porque eu nunca lutei por ninguém.
Porque vi muitas pessoas aproximarem-se de mim e afastarem-se só para me testar e eu ignorei,  fingi que não me afectava, levantei a cabeça e sorri como sempre. 
Por muito que me custasse nunca "perdi" tempo a olhar para trás e sempre achei que se a pessoa quer fica, ou melhor... volta.
Nunca fui com a palavra atrás. Digo sempre que não tenho sentimentos e ponto.
 Fim da história.
Estou a ver-te , e estás a afastar-te e eu não estou a fazer nada, mais uma vez.
Não estou preocupada, e podem vir 1000 pessoas perguntar por ti que a minha resposta será: "Hum, não tenho a certeza, mas acho que sei quem é..."

No dia em que me conseguir apaixonar (outra vez) por alguém, pode ser que mude.



Engano-me tão bem.

P.S: HIMYM, a unica série com que me identifico a 100%, a unica série que tem tudo a ver comigo, com a minha forma de pensar, com a minha vida. A única serie que me põe a chorar  por ser "tudo" tão igual a mim.



segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Onde nos é permitido voltar à vida...

"Quantas promessas foram feitas com um brinde? Beber é algo emocional, faz com que se saia da rotina do dia-a-dia, impede que tudo seja igual. Arranca-nos para fora do corpo e da mente e joga-nos contra a parede. Tenho a impressão de que beber é uma forma de suicídio onde nos é permitido voltar à vida e começar tudo de novo no dia seguinte. É como morrer e renascer, acho que eu e os meus amigos já vivemos cerca de quinhentas ou mil vidas! Amigo é o que fica depois da ressaca. É glicose no sangue."





Praxe...

...quebramos todas as regras.

Mas está a ser bom, demasiado bom.

sábado, 15 de dezembro de 2012

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Demasiado...

...Ele é demasiado "relax".
Eu sou das pessoas mais stressadas deste Mundo.
Eu sou assídua, pontual, preocupada, desconfio de tudo e mais alguma coisa.
Ele nem sabe "que horas são",  nem se lembra que a palavra "problemas" existe,  é assíduo desde que me conhece e passou a ir às aulas todas (tirando hoje que me decidiu raptar).

Vedder-"Eu não te quero influenciar... mas ainda vais à aula? É que estamos meia hora atrasados... mais vale ficarmos aqui os dois!"


Ai!!!!!!!!!!!!! Ele irrita-me profundamente. Conseguiu o que queria. :P
Nós somos o oposto um do outro... mas nem sei se quero encontrar o equilíbrio.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Não gosto mais de ti!

Porque mais é impossível.


Depois deste momento fofinho e profundo podem deixar-me aparvalhar e dar-vos autorização para usarem com as vossas caras metades, ou com as que não são metades mas estão lá perto...
...ou Whatever, com quem vocês acharem que sim!
P.S: Não... ainda não foi desta que ganhei sentimentos =/
Ando inspirada!

sábado, 8 de dezembro de 2012

Dar.

...Já passamos aulas de mãos dadas.
 
 
Prof-Por exemplo os Portugueses, quando marcam uma reunião para as quatro, já se está a espera que não comece exactamente às quatro horas certinhas!
Sun-Pois... já eu odeio a falta de pontualidade!
Vedder-Isso é um aviso para mim?
 
 
:)

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Um Doce!

Quando saio da Fac mais tarde tenho de ir apanhar o autocarro a outro sitio, e tenho que andar mais um bocadinho, um bocadinho grande, diga-se de passagem.
Ontem, passado 1500 aulas uma personagem a quem vou chamar de Vedder sentou-se pela primeira vez ao meu lado, apesar de já termos falado antes imensas vezes e de mandar-mos bocas na brincadeira, não acabou a aula sem me pedir o numero de telemóvel.
 
Convidou-me para ir com ele ao cinema e eu recusei porque disse que era uma pessoa muito assídua e não faltaria às aulas... então ele decidiu por os pés numa aula à qual ele nem se quer está inscrito para me fazer companhia...
 
Saímos da aula e perguntou-me se queria boleia, eu disse que não era preciso e agradeci, ainda por cima ele ia para o lado oposto... passado praí uns cinco minutos a andar sinto um carro parar ao meu lado.  O menino foi buscar o carro e foi-me dar boleia.
Entrei e ele pôs uma musica do Eddie Vedder, por acaso, uma das minhas musicas preferidas.
 
Vedder-"Nunca digas que não me preocupo contigo!"
 
É um docinho!
 


domingo, 2 de dezembro de 2012

Acho que vou... em frente.

"Para onde queres ir?-Perguntou-lhe o gato.
Para qualquer lugar - retorquiu-lhe Alice.
Mas... para ir a qualquer lugar, qualquer caminho serve! - exclamou o gato"